09/06/2010 às 08:00h
Lilia Cabral e Tony Ramos são premiados no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

 

 

Roberto Filho / AgNewsFoto por Roberto Filho / AgNews
Veja mais fotos da premiaçãoTony Ramos (à dir.) celebrou o prêmio ao lado dos atores Paulo José e Patrícia Pillar

 
Lilia Cabral e Tony Ramos foram as estrelas da noite desta terça-feira (8) no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro no teatro João Caetano, no centro do Rio de Janeiro. Eles receberam o troféu Grande Odelo de melhor atriz por Divã e de melhor ator por Se Eu Fosse Você 2.

 

Veja galeria de fotos da premiação

Tony ressaltou a importância do cinema na sua carreira.

- Estou muito feliz. Há 46 anos, faço esse trabalho e me realizo com ele. Lembro do primeiro filme que fiz, O Pequeno Mundo de Marcus, em 1967.

Com a mesma simplicidade do companheiro de profissão, Lilia revelou a sua motivação de atuar na telona.

- Esse reconhecimento me impulsiona a fazer mais projetos como este.

Porém, um dos momentos mais emocionantes do evento foi a homenagem de Deborah Secco a Drica Moraes, que estava concorrendo como melhor atriz coadjuvante por Os Normais 2 – A Noite Mais Maluca de Todas.

A mulher de Roger Flores falou sobre a amiga que está lutando contra uma leucemia mieloide aguda.

- A Drica é uma pessoa que convivi no ano passado em Decamerão e em Bruna Surfistinha. Aprendi muito com ela, que é um grande exemplo de mulher, de mãe e de atriz. Estamos na torcida pela sua recuperação.

Drica não esteve presente, mas também não foi a vencedora. Quem levou a estatueta foi Denise Weinberg por Salve Geral.

Glória Menezes também comoveu os presentes ao lembrar do cineasta Anselmo Duarte, falecido em 2009, com quem fez o filme O Pagador de Promessas, em 1962.

A veterana leu um texto, de autoria de Inácio de Loyola Brandão, sobre o diretor. E o público aplaudiu de pé.

 

 

A apresentação da nona edição do prêmio ficou por conta de Murilo Rosa e Ingrid Guimarães. Bem-humorada, a atriz brincou com Rosa dizendo que ele parecia um pinguim vestido de smoking e não perdeu o rebolado quando o telepronter parou de funcionar.

- Não vou mentir para vocês. Estamos sem texto. O telepronter desligou.

Também estavam na confraternização o diretor Daniel Filho, vencedor da categoria melhor longa-metragem com Se Eu Fosse Você 2, Andréa Beltrão, Patrícia Pillar entre outros. 

Veja a lista dos vencedores:

Melhor Filme de Ficção
É Proibido Fumar, de Anna Muylaert

Melhor Filme Nacional – Voto Popular
Se eu Fosse Você 2, de Daniel Filho

Melhor Filme Estrangeiro – Voto Popular
Avatar, de James Cameron

Melhor Direção
Anna Muylaert, de É Proibido Fumar

Melhor Longa-metragem Infantil
O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes, de Waldercy e Rafael Ribas

Melhor Longa-metragem estrangeiro
Bastardos Inglórios, de Quentin Tarantino

Melhor Atriz
Lilia Cabral, de Divã

Melhor Atriz Coadjuvante
Denise Weinberg, de Salve Geral

Melhor Ator
Tony Ramos, de Se eu fosse você 2

Melhor Ator Coadjuvante
Chico Diaz, de O Contador de Histórias

Melhor Roteiro Adaptado
Bosco Brasil, por Tempos de Paz

Melhor Roteiro Original
Anna Muylaert, de É Proibido Fumar

Melhor Montagem Ficção
Paulo Sacramento, de É Proibido Fumar

Melhor Montagem Documentário
Karen Aquemani, Simonal

Melhor Efeito Visual
Marcelo Siqueira, de Besouro

Melhor Fotografia
À Deriva, de Ricardo Della Rosa

Melhor Documentário
Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei

Melhor Curta-metragem animação
O Menino que Plantava Infernos, de Victor Hugo Borges
Juro que vi um Saci, de Humberto Avelar

Melhor Curta-metragem ficção
Superbarroco, de Renata Pinheiro

Melhor Curta-metragem documentário
De Volta ao quarto 666, de Gustavo Spolidoro

Melhor Som
Denilson Campos e Paulo Ricardo Nunes, de Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei

Trilha Sonora
Marcio Nigro, de É Proibido Fumar

Trilha Sonora Original
Berna Ceppas, de Simonal, Ninguém Sabe o Duro que Dei

Melhor Figurino
Marília Carneiro, Tempo de Paz

Melhor Maquiagem
Martín Macias Trujillo, de Besouro

Melhor Drireção de Arte
Claudio Amaral Peixoto, de Besouro

Menção Honrosa a Animação
O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes, de Waldercy e Rafael Ribas

Prêmio Especial de Preservação
Alice Gonzaga, diretora da Cinédia

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121