13/12/2013 às 09:48h
Pode acreditar é sexta-feira 13
GD

Se você é supersticioso tem um bom motivo para ficar em casa hoje: é sexta-feira 13. A última do ano. Mas se tiver que sair e quiser afastar os infortúnios que a data possa causar, lance mão de sais protetores e aromáticos, amuletos e patuás. Caso nada disse te afete, melhor ainda. Afinal, é só uma sexta-feira, o dia internacional da cerveja. Uma coisa é garantida, deve chover muito em Cuiabá.

Medo da sexta-feira 13, de gatos pretos cruzando seu caminho e de pânico só de pensar em passar debaixo de uma escada podem significar que você você é suscetível a superstições. A palavra superstição vem do latim "superstitio", que significa "o excesso", ou também "o que resta e sobrevive de épocas passadas. Na linguagem religiosa dos romanos, o vocábulo "superstitio" veio designar a observância de cultos arcaicos, populares, não mais condizentes com as normas da religião oficial.

Não se sabe exatamente o porquê dos temores em relação ao número 13, apontado ora como sinal de infortúnio, ora de bom agouro. O 13 como símbolo de desgraça tem como origem a última ceia de Cristo, em que se reuniu com os 12 apóstolos. Na sexta-feira Cristo morreu. Com isso o número e a data provocaram ao longo dos séculos horror nas gerações cristãs.

Nos tempos modernos muitas pessoas evitam viajar em sexta-feira 13. Teatros omitem a numeração dos camarotes e em hotéis não existem quartos com este número, mudado para 12-a. Prédios pulam do 12º para o 14º andar temendo que o 13º traga azar. Há pessoas que pensam que participar de um jantar com 13 pessoas traz má sorte porque uma delas morrerá no período de um ano. A sexta-feira 13 é considerada como um dia de azar, e toma-se muito cuidado quanto às atividades planejadas para este dia.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121