15/02/2017 às 10:13h
Palestra orienta microempresários de Colíder sobre mercado e oportunidades de negócios
Foto -Assessoria/Lazaro Nunes


Dezenas de empresários lotaram na noite desta terça-feira (14/02) o auditório do Centro de Eventos de Colíder para acompanhar a palestra ministrada por Alexandre Cardoso Cavalcanti, gerente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) de Alta floresta. O evento foi promovido pela Prefeitura e pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, que tem como titular Ronaldo Vinha.

“É uma palestra voltada ao microempresário individual e que eu considero de suma importância para essa classe. O microempresário é um dos maiores geradores da economia do nosso município. E, às vezes, ele não tem o respaldo necessário. E nós queremos apoiá-lo para que volte a fomentar a nossa economia. E a Secretaria de Desenvolvimento Econômico tem várias atividades previstas para o ano para fomentar o empreendedor local”, pontua Ronaldo Vinha.

O prefeito Noboru Tomiyoshi ressalta a importância da formação de parcerias para reestabelecer o desenvolvimento econômico de Colíder. Para ele, levar informação ao empresário é um fundamental. “E essa palestra é o primeiro movimento da Secretaria de Desenvolvimento, junto com o Sebrae, a Acic e com todas as entidades, para buscar esse diálogo com o empreendedor de Colíder para que a gente possa, cada vez mais, motivar o empresário, prepara-lo e fazer com que conheça novas maneiras de comercialização. Nesses momentos de crise a gente tem que refletir e buscar novas alternativas para que a gente consiga o nosso desenvolvimento econômico aqui em Colíder”.

O presidente da Associação Comercial e Empresaria de Colíder (Acic), Luiz Antonio Pavoni, comenta que essa iniciativa da Prefeitura de Colíder e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico vai de encontro aos interesses da sua entidade. “Vamos buscar capacitações visando também o microempreendedor individual, que gera uma renda expressiva ao município, cerca de R$ 4 milhões por mês. E, hoje, pelo momento que o País passa, precisamos usar bastante o Sebrae, os cursos, buscar associar-se à Acic para ficar munido de informações sobre gestão para que a empresa tenha longevidade e prosperidade”.

A palestra do Sebrae tenta despertar no empresário uma necessidade de parar para refletir sobre o seu negócio. “Ele não pode ir fazendo as coisas, atropelando. Se ele não para para pensar, ele não pensa no seu cliente, que é a sua finalidade principal de existir. Uma empresa existe para atender necessidades específicas e gerar lucros. Ou seja, se a empresa parar para ganhar dinheiro ela estará fadada para falir, porque ela só vende produtos e não consegue entrar no mercado e competir, porque hoje existe muito ponto.com da China no mercado de Colíder ou em qualquer outro mercado”, explica Alexandre Cavalcanti.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121