02/08/2017 às 10:46h
Dinheiro acima de tudo, mercenário, traição: jornal catalão detona Neymar em artigo de opinião

O diário “Sport”, um dos principais jornais da Catalunha, não perdoou Neymar após o brasileiro comunicar seus companheiros de Barcelona que está mesmo indo para o PSG. Em artigo de opinião, assinado pelo diretor da publicação Lluís Mascaró, o atacante e também são pai são detonados. 

O texto cita cena do filme “Jerry Maguire”, em que o personagem Rod Tiwell, um jogador de futebol americano interpretado por Cuba Gooding Jr., exige a seu empresário, Jerry Maguire (Tom Cruise), que grite no telefone “Mostre-me o dinheiro” para que não seja demitido, para falar sobre Neymar.

“É o melhor exemplo do que significa o esporte profissional hoje em dia: o dinheiro acima de tudo. Justamente o que pensaram Neymar e seu pai-empresário. Aceitaram a oferta do PSG porque representa muitíssimo mais dinheiro para ambos. Estamos em um mundo de mercenários em que os sentimentos e os valores importam bem pouco. Ou nada”, escreve o diretor do jornal catalão.

“Neymar já veio ao Barça por dinheiro. Pelos 40 milhões (de euros) de luvas da transferência que pagou (o então presidente Sandro) Rosell a seu pai. Uma operação que colocou o clube entre a espada e a parede, sendo inclusive julgado e condenado por uma dupla fraude fiscal”, acrescenta.

“Neymar e seu pai devolveram o ‘favor’ ao Barcelona pagando com uma traição: se vão ao PSG por outros 50 milhões de luvas para o pai e 30 milhões líquidos por temporada para o filho. O que ganha o clube blaugrana? Os 222 milhões (de euros) que deve pagar o clube francês pela rescisão.”

Mascaró encerra o artigo dizendo que o “Barcelona também ganhará tranquilidade” e cita o holandês Johan Cruyff, ídolo do Barcelona, para dizer que Neymar “não nos serve”.

 

“Como dizia Cruyff, um jogador que não é feliz no Barça é melhor que se vá. E se Neymar prefere o dinheiro ao projeto esportivo, não nos serve. Aqui, o único intocável é Messi. E o futuro do clube já não passa pelo brasileiro. Há que buscar um substituto imediatamente: Griezmann, Mbappé ou Dembélé. Adeus Neymar. Até nunca mais. Mas antes de ir, mostre-nos o dinheiro!”, conclui.


Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Bem Mais Comunicação - CNPJ 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Jose Paulo DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 2121