04/10/2017 às 05:54h
Justiça afasta pais de menino deixado na cela de estuprador

São Paulo – A juíza da infância e adolescência de Teresina Maria Luiza de Moura Mello e Freitas decretou nesta quarta-feira (4) o afastamento temporário dos pais do menino de 11 anos que foi encontrado dentro da cela de um detento condenado por estupro de vulnerável e homicídio na Colônia agrícola Major César de Oliveira, em Altos, região metropolitana de Teresina (PI).

As informações foram publicadas pelo jornal Folha de S. Paulo. De acordo com a publicação, a decisão da juíza atendeu um pedido do Conselho Tutelar para que a criança não sofra nenhum tipo de pressão ou abuso durante a investigação do caso.

Segundo a Secretaria de Justiça do estado, o menino foi encaminhado para uma casa de acolhimento.

Entenda

No último sábado (30), o menino foi encontrado escondido debaixo da cama da cela de de José Ribamar, preso por estupro de vulnerável e homicídio.

De acordo com a Secretaria de Justiça do estado, o menino – que não teve o nome informado – foi levado ao presídio pelos pais, que são amigos do detento.

Ao final do período de visita, os agentes penitenciários constataram que estava faltando uma pessoa e, imediatamente, fizeram uma vistoria em todas as celas. O garoto foi encontrado sem camisa no local.

O menino foi submetido ao exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML), onde foi constado que não houve abuso sexual.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121