04/10/2017 às 06:09h
Em agenda positiva, Temer anuncia medidas para pequenas empresas

Em mais uma agenda positiva, o presidente Michel Temer chamou ministros ao Palácio do Planalto nesta quarta-feira (4) para anunciar medidas voltadas às micro e pequenas empresas. Com popularidade em queda, Temer declarou que os micro e pequenos negócios caminharão bem se o país caminhar bem.

"Se [o país] caminhar mal, não será útil para o pequeno e micro empresário", disse. "Eu me dispensaria de palavras elogiosas ao que está acontecendo ao nosso país. Acho que todos aqui acompanham o que ocorre no Brasil e particularmente micro e pequenos empresários são os que mais se preocupam para saber como o país está caminhando."

O Palácio do Planalto promoveu o evento para anunciar uma "completa reformulação" do Portal do Empreendedor, o site para cadastro dos MEI (Microempreendedores Individuais).

O governo informou que as mudanças foram realizadas "em tempo recorde de seis semanas". Segundo a pasta, o novo portal é "mais intuitivo" e conta com "tecnologia responsiva" para facilitar acesso pelo celular.

Os ministros Marcos Pereira (Indústria, Comércio Exterior e Serviços) e Mendonça Filho (Educação) anunciaram a expansão do programa Instituição Amiga do Empreendedor, voltado para a profissionalização de empresários de pequeno porte.

O programa foi lançado como piloto pelo Ministério da Educação há menos de dois meses, com a adesão de nove instituições. Na ocasião, já havia expectativa de que em outubro o projeto fosse lançado para todas as instituições.

O objetivo do programa, de acordo com o governo, é criar espaços dentro das universidades para promover atividades de orientação, capacitação e assistência gerencial.

O governo informou que a expectativa é credenciar 500 instituições de ensino públicas e privadas e atender 100 mil empreendedores até o fim de 2018. A partir desta quarta-feira, as instituições poderão fazer uma adesão eletrônica ao programa.

Marcos Pereira afirmou ainda que, durante a Semana Nacional do Crédito, sete bancos vão disponibilizar R$ 9 bilhões em crédito, sendo R$ 1 bilhão para negociação de dívidas. O evento acontece durante o mês de outubro, em datas diferentes em cada Estado.

As micro e pequenas empresas representam, de acordo com o governo, 98% do total das empresas privadas do Brasil e mais da metade dos empregos formais. Entre janeiro e agosto, segundo o Ministério do Trabalho, essas empresas geraram 327 mil postos de trabalho.

PAUTA POSITIVA

Nas últimas semanas, o presidente Michel Temer orientou ministros a finalizarem, nas próximas semanas, programas e medidas que possam ser anunciadas no Palácio do Planalto.

O objetivo é tentar imprimir uma pauta positiva que rivalize no noticiário nacional com a tramitação de denúncia contra o peemedebista por obstrução judicial e organização criminosa.

Segundo um assessor ministerial, pastas estão acelerando iniciativas sem impacto fiscal, peso orçamentário ou grande repercussão social para que sejam lançadas nos próximos dias.

Na semana passada, por exemplo, o Palácio do Planalto promoveu um pronunciamento presidencial apenas para anunciar o novo calendário de pagamento do PIS/Pasep.

A decisão de liberar os saques não era novidade. Em agosto, o ministro Dyogo Oliveira (Planejamento) já havia anunciado a iniciativa durante evento no Palácio do Planalto. Com informações da Folhapress.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121