20/12/2017 às 08:11h
Pena de Guerrero é reduzida para seis meses, e atacante poderá jogar a Copa do Mundo
ESPN

Inicialmente punido por um ano pela Fifa após ser pego em exame antidoping nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, o atacante Paolo Guerrero teve uma boa notícia nesta quarta-feira. 

Segundo informou o advogado do atleta, Marcos Motta, o gancho do centroavante foi reduzido para seis meses após a defesa do jogador entrar com recurso no Tribunal de Apelação da Fifa.



Isso permitirá ao peruano jogar o Mundial da Rússia, já que a suspensão passou a valer no dia 3 de novembro e será encerrada em 3 de maio.

Os advogados do atacante ainda irão ao TAS (Tribunal Arbitral do Esporte) para tentar a absolvição total do atleta, permitindo que ele possa voltar a defender o Flamengo e sua seleção já na virada do ano.

Guerrero testou positivo para benzoilecgonina, principal metabólito da cocaína, em exame antidoping realizado após o jogo entre Peru e Argentina, no dia 5 de outubro, em Buenos Aires.

Segundo sua defesa, porém, a substância proibida entrou no corpo do atleta depois que ele bebeu um chá de folha de coca, bebida tipicamente consumida em diversos países da América do Sul.

A concentração do metabólito de fato era muito pequena: apenas 72 nanogramas por mililitros. No entanto, a Fifa acabou aplicando a punição padrão para qualquer caso que envolve cocaína, suspendendo Guerrero por um ano.

'Chá de coca só ajudaria Guerrero 20min antes do jogo'






Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121