04/01/2018 às 01:58h
Ação integrada desarticula grupo criminoso envolvido em furto em Barra do Garças
Assessoria | PJC-MT


Cinco pessoas foram presas em uma operação integrada da Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar e Sistema Penitenciário, deflagrada nesta quarta-feira (03.01), em Barra do Garças (509 km a Leste). A operação denominada “Fiducia” desarticulou um grupo criminoso envolvido em furtos de residências do município.

Entre os presos estão, Lucas Ribeiro Brito Oliveira, Cleyton Vinicios Alves dos Santos, Wkariston Barbosa Lauriano, Lucas Souza Cardoso, e Emmylle Souza da Silva. Os acusados responderão pelos crimes de furto qualificado e associação criminosa. Um dos integrantes do grupo continua foragido.

As investigações realizadas pela Área Regional de Inteligência da Polícia Militar, Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), Grupo Armado de Resposta Rápida (Garra, da Polícia Judiciária Civil e Sistema Prisional resultaram apreensão de uma arma de fogo, drogas, dinheiro e pertences das vítimas.

As investigações iniciaram após o furto de uma residência no bairro Jardim das Mangueiras, ocorrido no dia 25 de dezembro, quando os proprietários viajaram e deixaram a casa sob a responsabilidade da funcionária doméstica. A funcionária, casada com um dos autores do furto, alertou seus comparsa sobre a vulnerabilidade da residência, assim como sobre os objetos de interesse dos criminosos.

No dia do furto, a suspeita prendeu os cachorros e aguardou a concretização do crime, sendo subtraídos da casa, um jet ski com carreta semirreboque, avaliado em R$ 60 mil, TVs, notebook, joias e roupas das vítimas. No dia seguinte, a funcionária ligou para os donos da residência para informar sobre o furto.

Assim que as forças de Segurança foram acionadas do crime, iniciaram as investigações, realizando a análise de câmeras de segurança das proximidades e identificando o veículo que rebocou o jet ski para fora da residência. O trabalho também identificou dois suspeitos, usuários de tornozeleira eletrônica, que estavam no dia, horário e local do crime.

Com as informações, os policiais conseguiram chegar até uma residência em que foram encontrados o jet ski, uma televisão, três aparelhos celulares e roupas das vítimas. No momento da apreensão a televisão já estava instalada no quarto de um dos suspeitos. Outro envolvido no furto, trajava roupas da vítima.

Na ocasião, como não havia situação de flagrante, os investigados foram conduzidos a delegacia, ouvidos e liberados. No inquérito policial, o delegado, Wiliney Santana Borges, representou pela prisão preventiva de 7 suspeitos de envolvimento no crime de furto qualificado. Os objetos apreendidos foram restituídos às vítimas.

Seis das sete ordens de prisão foram deferidas pela Justiça, sendo indeferida a ordem de prisão contra a funcionária da casa, por se tratar de ré primária. Cinco dos suspeitos tiveram a ordem de prisão cumprida nesta quarta-feira (03) e o sexto envolvido continua foragido. No local de cumprimento do mandado, foi apreendido um revólver calibre 32, com 6 munições intactas; porções de crack e maconha, além de ferramentas possivelmente utilizadas para arrombamento de residências.

“Os envolvidos também são suspeitos de atuarem em diversos roubos e furtos ocorridos na cidade e com a prisão do grupo acreditamos no esclarecimento de outros crimes”, destacou o delegado.

O nome da operação “Fiducia” vem do latim e significa “confiança”, e foi escolhido, baseado na relação de confiança, de como o crime foi planejado e executado.

 

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2017 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121