10/04/2018 às 06:13h
Henry não paga multa de R$ 1 milhão por condenação do mensalão
Mensalão

Arthur Santos da Silva/ GD


O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu informações para saber se o ex-deputado federal por Mato Grosso, Pedro Henry, pagou o valor estipulado em sua condenação no escândalo do mensalão. A defesa do ex-político informou à reportagem que apenas uma primeira parcela foi paga.

MARCUS VAILLANT

Henry acabou condenado em dezembro de 2012 pelos delitos de corrupção passiva e lavagem de dinheiro à pena de 7 anos e 2 meses de reclusão. Uma multa de cerca de R$ 930 mil foi estipulada.

Ele foi acusado de ter recebido dinheiro em troca de apoio no Congresso Nacional ao Governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O próprio Roberto Barroso concedeu em 2016 indulto a Pedro Henry e declarou extinta a punibilidade do sentenciado. Ocorre que o indulto não suspendeu a necessidade do pagamento da multa.

Ciente da necessidade de pagar, Henry vem recorrendo ao Supremo para tentar reverter o processo. O ministério Público Federal já se manifestou nos autos de um agravo informando em tom de crítica que Pedro Hery pretende desvirtuar o instituto do indulto.

A determinação da diligência para saber se o ex-deputado federal pagou a multa servirá como informação base para a decisão de Roberto Barroso. O ministro decidirá se o pagamento é ou não necessário.

A defesa de Pedro Henry, Patrocinada pelo advogado Luiz Derze, afirmou que ex-político pagou apenas a primeira parcela do combinado.Segundo o jurista, a cobrança da multa é indevida. Não há possibilidade do indulto ser revisto por motivo da inadimplência.

O requerimento de Barrosso por informações foi publicado nesta segunda-feira (09).

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121