11/04/2018 às 06:00h
Renovação de Guerrero só será tratada em maio

© Fornecido por Fundação Cásper Líbero

A diretoria do Flamengo fez as primeiras sondagens com o pensamento de renovar o contrato do atacante peruano Paolo Guerrero, que só tem vínculo com o clube somente até 10 de agosto. Os primeiros contatos foram positivos, mas com a marcação do julgamento final do atleta para 3 de maio, na Corte Arbitral do Esporte (CAS), o assunto vai ficar adiado até o próximo mês.

Os dirigentes entendem que é melhor ver o desfecho do caso, e o retorno do atleta aos gramados para poder negociar com bases mais sólidas, pagando por aquilo que o jogador realmente possa vir a produzir.

Guerrero viu seu exame antidoping acusar positivo após o empate sem gols entre Argentina e Peru, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Acabou suspenso por um ano e depois de recurso conseguiu reduzir a pena para seis meses.

No julgamento, esta pena pode ser mantida, anulada ou até ampliada, o que é pouco provável. No caso das duas primeiras possibilidades, o jogador voltaria a poder jogar a partir do duelo de 5 de maio contra o Bahia pelo Campeonato Brasileiro.

Sem poder contar com Guerrero, o Fla investiu na contratação de Henrique Dourado, que foi artilheiro do último Brasileirão pelo Fluminense. Porém, o jogador ainda não deu o retorno desejado. A outra opção do elenco, Felipe Vizeu, revelado nas categorias de base, foi negociado com a Udinese da Itália e vai se apresentar a seu novo clube no meio do ano. Daí a necessidade de o Rubro-Negro se movimentar rapidamente no mercado.

Dentro de campo, o treino previsto para a manhã desta quinta-feira deve definir a escalação para o duelo contra o Vitória no próximo sábado, às 19h00 (de Brasília), no Estádio Barradão, em Salvador (BA), na estreia das duas equipes no Brasileiro Série A.

Para este compromisso, o goleiro Diego Alves, recuperado de dores musculares nas duas pernas, estará apto. O zagueiro reserva Rhodolfo fica de fora por conta de dores na panturrilha direita. A ideia de time do técnico interino Maurício Barbieri é: Diego Alves, Pará, Juan, Réver e Renê; Gustavo Cuélar, Willian Arão, Lucas Paquetá, Diego e Everton; Henrique Dourado. A delegação segue sexta-feira para a Bahia.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2018 - Publicidade Nova Visão - CNPJ 07.296.611/0001-78. Jornalista responsável Jose Paulo Batista DRT MT- 000273 - Solange Priscila DRT MT- 002121