17/03/2014 às 10:01h
Geller aposta em abertura de novos mercados do agronegócio

Paula Arruda, repórter do GD


Como primeiro representante de Mato Grosso, Neri Geller, tomou posse na manhã desta segunda-feira (17) no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Na solenidade, realizada no Salão Nobre do Palácio do Planalto, mais 5 novos ministros foram empossados pela presidente Dilma Rousseff (PT). Presente ao evento, o governador Silval Barbosa (PMDB) disse acreditar que os resultados alcançados pelo Estado no agronegócio foram preponderantes para a escolha do produtor.

“Certamente ele vai levar esta mesma experiência de Mato Grosso para o Brasil e para a presidente Dilma. Há muitos anos Mato Grosso não tinha um representante em ministério, o último foi Dante de Oliveira. Estou muito feliz, vou torcer muito por ele e que Mato Grosso continue saindo na frente", declarou o governador. 

Na primeira audiência com o novo ministro, Silval Barbosa promete levar as demandas dos produtores rurais e pequenos agricultores mato-grossenses. "É muito importante para Mato Grosso ter um ministro nesta pasta tão importante para o Brasil. É claro que com ele (Geller) sendo do nosso Estado temos a oportunidade de ter um destaque maior".

Geller aposta na abertura de novos mercados e na atração de indústrias para agregar valor aos grãos produzidos no Centro-Oeste brasileiro, em especial em Mato Grosso. "Estou feliz, nossa história se confunde com a agricultura brasileira. A minha vinda para o ministério da Agricultura me remete a muita responsabilidade e nós vamos fazer por merecer. Vamos honrar este trabalho até o término da gestão. São muitos desafios. Os mato-grossenses podem esperar de mim muito trabalho. Ter um ministro da Agricultura significa mais responsabilidade, mas vamos estar muito mais focados em prioridades, como abertura de novos mercados, a atração de indústrias. O país e Mato Grosso têm um potencial enorme e temos que buscar formas de dar fluxo ao escoamento da nossa produção". 

Uma das prioridades de Geller à frente da pasta é o reforço ao Plano Agrícola e Pecuário para a safra 2014/2015. "Reconheço os avanços do governo no Plano atual e acredito que ainda há espaço para desenvolver algumas modalidades, como o Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural. Além disso, é preciso reforçar a Política de Garantia de Preços Mínimos. Vou tratar destes temas como prioritários junto à equipe econômica". O novo ministro também pretende dar atenção culturais de maior risco, como uva e laranja. 

Secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura desde 2013, Geller assume o comanda da pasta em substituição a Antônio Andrade. A presidente Dilma Rousseff elogiou o trabalho do ex-ministro e disse que a escolha do novo titular foi acertada. "O Neri Geller atuou de forma decisiva no desejo do Plano Safra, Agrícola e de armazenagem. Ele conhece muito bem o cenário da região Centro-Oeste, tenho certeza que nos conduzirá a novos recordes de produção". 

Geller é o primeiro representante de Mato Grosso a assumir a Agricultura. A posse no primeiro escalão do Governo Federal marca o fim de três décadas do Estado longe do staff presidencial. O último a assumir um ministério, em 1986, foi o ex-governador e ex-prefeito de Cuiabá, Dante de Oliveira. Antes, outros três mato-grossenses comandaram ministérios no Governo Federal. Em 1897, Joaquim Murtinho foi nomeado ministro da Viação, Indústria e Comércio na gestão de Prudente de Moraes. No governo de Campos Sales, assumiu o Ministério da Fazenda. No ano de 1935, Eurico Gaspar Dutra tomou posse no então Ministério da Guerra (Defesa) e, depois, foi eleito presidente. O economista Roberto Campos comandou o Ministério do Planejamento quando Castelo Branco ocupava a presidência. 

Nascido no Rio Grande do Sul, em Selbach, Geller foi morar em Lucas do Rio Verde em 1984, quando o município ainda era constituído apenas por assentamentos. Começou trabalhando com grãos e tornou-se um dos principais produtores do país, o que o alçou ao posto de um dos líderes do segmento no Estado. Geller já foi suplente de deputado federal por dois mandatos e desde 2013 ocupava a Secretaria de Política Agrícola do Mapa.

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2022 - Grupo Nova Visão de Comunicação - /Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121