07/05/2020 às 12:47h
Morre idoso que matou e escondeu corpo de esposa no banheiro de casa

Jairo Narciso da Silva, 64, que confessou ter matado e enterrado a ex-esposa dentro do banheiro da sua casa, há 24 anos, morreu na última quarta-feira (6), em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá). A causa não foi confirmada pela Polícia, mas segundo apuração, foi morte natural. 

 

O corpo do idoso foi enterrado no final da tarde, no cemitério da cidade. Ele não foi preso pelo homicídio, já prescrito, mas respondia em liberdade pelo crime de ocultação de cadáver.


Em agosto de 2019, Jairo chocou a família ao procurar a Polícia Civil para denunciar ter matado a esposa, Luzinete Leal, 28 anos, em 1994. A motivação foi passional e em depoimento, disse que sentia muito ciúme da mulher.

 

Disse ainda que aproveitou o momento em que ela estava deitada, usou uma barra de ferro para feri-la, asfixiando até a morte em seguida. Após o crime, ele enterrou o corpo de Luzinete do banheiro da casa, que estava em obra, junto com documentos e pertences pessoais.

 

Para sustentar a história, contou aos dois filhos, na época com 10 e 8 anos, e para a família que ela havia fugido com um amante. Ele chegou a registrar a ocorrência de seu desaparecimento na Polícia Civil da cidade.

 

Após a confissão, equipes da Delegacia de Homicídios fizeram buscas na casa, e após uma escavação na área indicada pelo idoso, os restos mortais de Luzinete foram encontrados, juntos com outras provas do crime.


Fonte: Gazeta Digital

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121