14/05/2020 às 10:09h
Professores contratados receberão auxílio de R$ 1,1 mil

Depois de muita discussão, os deputados estaduais aprovaram o pagamento de um auxílio emergencial aos professores contratados pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc). O pagamento deverá ser feito pela Seduc ou pela Secretaria de Estado de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setasc). Segundo os deputados, cerca de 2,5 mil professores serão contemplados com o benfício. 

 

O projeto prevê o pagamento somente aos professores. Os profissionais de apoio não receberão o pagamento. A ideia, segundo o deputado Lúdio Cabral (PT), é que haja uma mudança para contemplar todos os profissionais. 


"O valor mensal do benefício será de R$ 1,1 mil por trabalhador, pago enquanto estiver vigente a situação de emergência no Estado de Mato Grosso em decorrência da pandemia do novo coronavírus", prevê o texto aprovado.

 

Para ser votado nesta quarta-feira (13) houve um entendimento entre os deputados da base do governo, com os deputados da oposição e com a bancada de representação dos servidores públicos de Mato Grosso. 

 

"A validade e efeitos desta lei durarão enquanto estiver vigente o decreto Nº 424, de 25 de março de 2020, que declara a situação de calamidade no Estado de Mato Grosso em decorrência da pandemia do novo coronavírus / Covid-19", prevê o texto.

 

A aprovação foi por unaminidade, mas o deputado Wilson Santos (PSDB) afirmou que o governador Mauro Mendes (DEM) pode vetar o texto. Wilson queria a aprovação de um projeto semelhante apresentado por ele. 


Fonte: Gazeta Digital

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121