15/05/2020 às 11:16h
Sinfra realiza estudo sobre situação do trânsito na área conurbada Cuiabá - VG

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) finalizou o estudo desenvolvido para verificar e compreender como se encontra a situação do trânsito na área conurbada Cuiabá-Várzea Grande.  A intenção é que o documento posse a auxiliar órgãos públicos na gestão e no planejamento urbano da região da Baixada Cuiabana.

 

Desenvolvido diretamente pela Secretaria-adjunta de Gestão e Planejamento Metropolitano da Sinfra, o estudo é dividido em duas partes e ressalta a necessidade de um planejamento estratégico dos municípios no que diz respeito a fiscalização e melhoria da infraestrutura das vias. Veja o estudo completo aqui.

 

Na primeira parte, o estudo traz uma compilação de pesquisas baseadas nas estatísticas do trânsito em Mato Grosso.  Já na segunda parte, apresenta uma pesquisa realizada com dados primários coletados em campo para compreender as características, situação e percepção do motociclista sobre o trânsito na região.

 

De acordo com o secretário-adjunto de Gestão e Planejamento Metropolitano, Maurício Munhoz, o estudo foi realizado em razão da necessidade de tentar entender e acompanhar o ritmo de expansão das cidades de Cuiabá e Várzea Grande.

“O crescimento desenfreado das grandes cidades vem trazendo consigo uma necessidade por gestão e planejamento urbano, os quais nem sempre conseguem acompanhar esse ritmo de expansão e culminam no surgimento de problemas sócioespaciais que comprometem a qualidade de vida”, disse.

 

Dentre os problemas estão o crescente distanciamento dos locais onde as pessoas residem dos locais onde elas trabalham, o que faz com que elas tenham que percorrer distâncias cada vez mais longas, ocasionando um fluxo maior do trânsito.

“Por mais variados que sejam seus motivos, os acidentes também ocorrem com muita frequência, comprometendo a segurança de toda a população. Os impactos gerados por esses acidentes influenciam de forma negativa no cotidiano e na qualidade de vida dentro de um município, gerando problemas não só para os envolvidos, mas também custos sociais e gastos ao governo”, afirmou.

 

Por essa razão, segundo Maurício, é preciso repensar melhor o planejamento e espaçamento das vias, mas também é necessária uma fiscalização mais atenta e uma conscientização e prudência maior por parte de todos os envolvidos no trânsito.

 

Além desse estudo, a Secretaria-adjunta Gestão e Planejamento Metropolitano segue realizando pesquisas e levantamentos acerca de acessibilidade, planejamento do uso e da ocupação do solo, saneamento ambiental, desenvolvimento urbano e políticas setoriais, entre outros, a fim de promover a integração de planos, políticas e ações dos municípios da região metropolitana.


Fonte: Gazeta Digital

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121