28/07/2020 às 10:30h
Teste de vacina chinesa contra covid-19 em Minas Gerais começa na sexta-feira
QUASE 900 VOLUNTÁRIOS

A UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) começa nesta sexta-feira (1º) os testes de vacina contra a covid-19 em 852 voluntários. Os testes clínicos são coordenados pelo Instituto Butantan a farmacêutica chinesa Sinovac e, em Minas, conta com a participação do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Fármacos da UFMG.

 

O potencial imunizante está em fase final de pesquisa e a testagem que conta com 9 mil voluntários em todo o país deve ser concluída entre o fim de outubro e o início de novembro.

 

O primeiro centro a testar a Coronavac em voluntários foi o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), na última terça (21).

 

 

 A fase de testagem clínica em humanos, conhecida como fase 3, é a última antes da aprovação de uma vacina e tem o objetivo de testar a sua eficácia e segurança. Caso ela seja validada nesta etapa, precisa ser registrada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e distribuída gratuitamente pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em todo o Brasil.

 

De acordo com o Instituto Butantan, a vacina desenvolvida pela Sinovac é uma das mais promissoras do mundo porque utiliza tecnologia conhecida e que já é aplicada em outras vacinas.

 

Aprovação

De acordo com o Governo de São Paulo, caso a vacina seja aprovada, a Sinovac e o Butantan vão firmar um acordo de transferência de tecnologia para produção em escala e fornecimento gratuito ao SUS. Os passos seguintes serão o registro do imunizante pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e distribuição em todo o Brasil.

Espalhe por ai:
Link:
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2020 - SOLANGE PRISCILA DE SOUZA - CNPJ: 15.349.563/0001-67. Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121