22/03/2021 às 10:27h
189 pacientes esperam UTI e SES rebate ocupação de 132%
Jessica Bachega

Mato Grosso começa a semana com 189 pessoas contaminados pelo novo coronavírus a espera de uma vaga em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Uma reportagem divulgada pela CNN mostrou que o Estado é o com fila maior de espera, com 132% dos leitos ocupados. No entanto, o Estado rebate a informação.

 

A matéria publicada nesta segunda-feira (22), feita com base em levantamento da agência CNN, aponta que faltam 206 leitos de UTI para atender a demanda atual. O número consta no boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) no domingo (21). A lista mostra que a taxa de ocupação está em 132%.


Procurado, o Estado explicou que o dado apontado pela reportagem não é preciso, pois considera o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) que agrupa informações repassadas diretamente pelo hospital, seja público ou particular.

Nem todos os leitos financiados pelo governo Federal ou Estadual constam na relação, como esclareceu a assessoria da Saúde.


“Já a página 3 analisa dados do sistema CNES, sobre leitos públicos e particulares, com base nas informações alimentadas pelos próprios hospitais. É importante frisar que alguns leitos pactuados exclusivamente para o tratamento do coronavírus não estão necessariamente cadastrados no CNES, sendo os dados deste sistema menos precisos. Os dados do CNES são úteis para monitorar a ocupação de leitos não pactuados públicos e privados”, informou a SES.

 


Na lista de UTI pactuadas, que recebem dinheiro federal ou estadual, para pacientes covid-19, ainda há 12 leitos disponíveis. A taxa de ocupação está em 99,2%, nesta segunda-feira (22). O que pode ser considerado sem vagas, uma vez que é preciso manter leitos de retaguarda para atender doentes que estão em enfermaria e podem ter o quadro piorado. O boletim de domingo apontava ocupação de 98,8%.


Hoje Mato Grosso tem 535 leitos de UTI pactuados destinados a pacientes covid. São 881 vagas de enfermarias pactuadas e ocupação chega a 68%.


Dos hospitais pactuados para covid, há UTI no Hospital e Maternidade Santa Rita, em Várzea Grande, Hospital e Maternidade São Lucas, em Juara, Hospital Municipal de Juína Dr. Hideo Sakuno, Hospital Municipal São Benedito de Cuiabá, Hospital Regional de Água Boa, Hospital Regional de Sinop e Hospital Metropolitano de Várzea Grande.

 

Dados da covid
Até a tarde de domingo, Mato Grosso tinha 286.693 casos confirmados da covid-19 em e 6.813 óbitos em decorrência do coronavírus.

 

Espalhe por ai:
Link:
Esportes
ESPORTEFUTEBOL
Publicidade
Power by
Todos os direitos reservados. 2009-2021 - Grupo Nova Visão de Comunicação - /Jornalista responsável Solange Priscila DRT MT- 002121